Dia da independência?

Mais um 7 de setembro... que parada, não? Trocadilhos à parte, eu acho interessante que comemoremos o dia em que o nosso amado imperador nos livrou do domínio português (com a autorização do papai, ora pois!), com desfiles em carro aberto e mais uma montoeira de coisas que consomem dinheiro público que poderia ser investido em saúde, educação, solução para a seca do nordeste ou qualquer outra coisa ligeiramente mais importante do que enfeitar cavalos e abastecer aviões que escrevem no céu, comemorando nossa pseudo-soberania - claro, já que "soberano" significa "absoluto" e quem deve e precisa do dinheiro de outrem não é absoluto. Mas mesmo assim eu gosto do Dia da Independência: é bom ver gente nas ruas com bandeiras do Brasil nas mãos sem ser época da Copa da Mundo.
Postar um comentário