Querido Papai Noel:

Três anos atrás pedi de presente de Natal o fim da fome no mundo, mas o senhor não pôde atender meu pedido, apesar de eu ter me comportado muito bem. Fui um bom menino no ano seguinte e pedi de Natal a paz entre os povos, mas foi só ligar a TV para descobrir que o senhor tinha furado comigo novamente. Mais uma vez eu me comportei bem e este ano eu quero uma bicicleta. E aviso logo que se eu não for atendido de novo, eu lhe processo, seu velho tratante!

Monografia

Fazer monografia é como reger uma orquestra de musicos que tocam uma nota só. Sua tarefa é dar sonoridade à músicos que nunca vão tocar algo diferente.

Palavras para sempre, sempre palavras.

Meia hora. Meia hora ouvindo palavras que você vai desejar que nunca saiam da sua memoria. Palavras que você vai achar que deveriam ecoar no mundo inteiro para sempre. Para sempre, sempre palavras. Nada disso vai acontecer, por que você não se lembra dessas palavras. Estavam lhe sendo ditas quando ela falava e você olhava para o mar com uma cara entediada pensando: "Teria sido melhor ir ver o filme do Péle!".

Passando do Ponto

Eu queria um amor que não fosse passageiro. Todo mundo sobe, todo mundo desce e eu continuo pegando o bonde andando. Páááraaaa!!! Vê se passa aqui na rua, pô... Quanto ao ponto final? É circular... vamos, vamos, todo mundo circulando.

Sexo no meio artístico:

Tudo aquilo que acontece entre mentir sobre um bom contrato e fingir um orgasmo múltiplo.

Podia ser com você

Aconteceu na noite fria do dia ( ) de ( ), em uma boate que ficava em ( ). Se olharam, se interessaram mutuamente e investiram um bom tempo tentando obter mais informações. O nome dela era ( ), nascida sob o signo de ( ). Se interessava por ( ). Ele se chamava ( ), mas os amigos o apelidaram de ( ). Ele adorava ler ( ) e jogar ( ). Algumas horas e bebidas depois, ele perguntou a ela se ( ). A resposta foi imediata: ( ). E então, o curso das coisas se deu. Aconteceu naquela noite fria. Desde então, os dois se ( ). Para sempre.

Cuidado com o avião

Cuidado!!! Ele pode cair... Cair com você dentro, cair em cima de você. Não importa, o que importa é que ele pode te machucar. Cuidado, ele pode explodir, se espatifar no ar e um pedaço dele pode cair em cima da sua cabeça. Cuidado! Avião machuca. Dá dor de ouvido, enjôo e principalmente o medo! Cuidado com o avião!!!

Infinidade

Para que precisamos de afinidade se temos a infinidade ao nosso favor? Para quê?

Sério, eu sou MESMO viciado em comida...

Os viciados crônicos em comida, especialmente em fast food, sofrem o mesmo tipo de doença que os dependentes de álcool ou de entorpecentes, diz um estudo da Universidade da Flórida (UFA). Mark Gold, chefe da área de medicina contra o vício da UFA, pesquisou a diferença entre alguém que perde o controle sobre o álcool ou drogas e alguém que não tem domínio sobre o que come. O acadêmico, autor de três estudos sobre o assunto publicados no Journal of Addictive Diseases, disse que as diferenças são poucas.
Um dia tudo fará sentido...o doce e o amargo, o claro e o escuro, o tombo e a escalada...um dia tudo fará sentido...ido...ido...ido...

Pra quem quiser entender

"- Até onde, até quando??"
Não existe o "até", existe o tanto,
tanto quanto seu coração puder sonhar,
pois nunca se é "velho" demais para tentar.
E vice-versa.

Ele é carioca

Ele não sai à noite com medo de assalto. Ele não vai à praia com medo de arrastão. Ele muito trabalha e não ganha um tostão e a grana mal dá pra pegar o busão. Ele mora no alto... pelo menos tem uma bela vista do asfalto. Ele não usa vermelho só pra seguir o conselho, mas ele é feliz. Domingo vai ao pagode, quando pode. Ele nem mora em Ipanema, mas isso não é problema. Ele é carioca!

Gênio, já tenho meu primeiro desejo!

Eu queria soltar um pum de dez minutos. Sem intervalos. Passando por todas as notas da escala musical. Começando em dó e terminando também em dó, só que uma oitava acima. Nada de lufadas frouxas, quentes e úmidas. Um pum firme, seco e vibrante. Um pum de dez minutos. Sem intervalos.

11/09 - Cinco Anos

Hoje, o assunto foi o aniversário de 5 anos dos atentados do WTC. A data virou simbolo do pensamento sobre o terrorismo islâmico. Inúmeras lembranças dos mortos e da grande tragédia que "independente de qualquer coisa" foi um absurdo ter acontecido. Acho que algo está perdido. Deveríamos então, pegar a data da invasão do Iraque pelos estadunidenses e transformá-la num simbolo do pensamento de democracia. Afinal, um povo viu seu país ser invadido, sua cultura e costumes serem arrasados, seu governo ser deposto e seu líder preso por manter armas químicas nunca encontradas e de ter relações inexistentes com o Osama Bin Laden. Pior do que isso, foi, além de ter destruído todo um país, na hora da reconstrução do mesmo, bate no peito dizendo que será erguida uma democracia nos moldes estadunidenses. Por toda cultura, por todo um país, por todo um sistema de governo, por todas essas vidas que foram retiradas (e foram mais do que as do WTC), por tudo isso, esse dia teria que ser lembrado. Não é pouco e olha que eu não menciono o Afeganistão, Vietnam, as Coreias, Panamá, Cuba, a Amazônia, o Tsunami e muitos outros fatos que ocasionaram a morte de muitas pessoas, seja por guerra, seja por embargos, seja pelo o que for, mas com influência direta dos EUA. O pior é imaginar que quando todos os que mais sofreram (e ainda sofrem) na mão deles fazem alguma ação contra os EUA, eles são os coitadinhos e os que morrem diáriamente por conta dos EUA, ganham o bonito adjetivo de terrorista.

Dia da independência?

Mais um 7 de setembro... que parada, não? Trocadilhos à parte, eu acho interessante que comemoremos o dia em que o nosso amado imperador nos livrou do domínio português (com a autorização do papai, ora pois!), com desfiles em carro aberto e mais uma montoeira de coisas que consomem dinheiro público que poderia ser investido em saúde, educação, solução para a seca do nordeste ou qualquer outra coisa ligeiramente mais importante do que enfeitar cavalos e abastecer aviões que escrevem no céu, comemorando nossa pseudo-soberania - claro, já que "soberano" significa "absoluto" e quem deve e precisa do dinheiro de outrem não é absoluto. Mas mesmo assim eu gosto do Dia da Independência: é bom ver gente nas ruas com bandeiras do Brasil nas mãos sem ser época da Copa da Mundo.

Você é o Que Você Come

Sabia que 31/08 é dia da Nutricionista?? Pois é, Parabéns pra mim!! Ah, que nada, imagina... jura?? puxa que bom!!... Ah claro, fico feliz por isso, viu??... Obrigada, obrigada!!... Claro, claro...Quanta gentileza... tá certo!... verdade? é, eu também acho!... Bem, agora preciso ir. Gracias pelas felicitações, hein!!! /Danielle em frente ao espelho.

Bons Tempos

Sensação inexplicável essa tal de Nostalgia, não acham? Faz duas semanas que senti algo que, acredito eu, possa definir como tal. Ao ouvir num filme a música "We close our eyes", do Oingo Boingo, experimentei uma maravilhosa sensação de saudosismo. Bom, até aí tudo bem... mas o detalhe vem a seguir: se eu era bem pequena,talvez uns 10 anos de idade, não ouvia muito a música, nem recordo de ter vivido um momento marcante com tal trilha sonora, qual o motivo de todo esse sentimento?! Foi saudade de quê???? Definitivamente, uma sensação inexplicável essa tal de Nostalgia. Param,param,param,pam,pam...We close our eyes...

Memórias

Mais importante do que saber quem fomos, é o desejo de descobrir quem realmente queremos ser daqui pra frente. E você, o que quer ser?

Tragédia

Mudou o ângulo da luz e a cor das janelas. O resto continua basicamente igual. Os mesmos móveis, os mesmos quadros nas paredes e os mesmos ímãs de restaurantes de entrega rápida grudados na porta da geladeira. O telefone também mudou, mas já me esqueci faz tempo do barulho que ele costumava fazer. Depois daquela última ligação, no meio da madrugada, prefiro que continue assim. E me disseram pra sair de lá, pois me sentiria melhor. Que nada! Só mudou o ângulo da luz e a cor das janelas.

Disparapapagaio Matracaraio

Antes que me chame de anti-social, devo advertir: não tenho nada contra um bom papo. Mas, papo bom, bom mesmo, tem medida. Se eu começar um assunto e você disparar a falar incessantemente por intermináveis duas horas seguidas, pode ter certeza que eu nunca mais vou me atrever a sair do meu silêncio. E, por obséquio, me prive dos pormenores cirurgicos de seu problema vesicular e biliar. Combinado?

O own style nosso de cada dia

A cada segundo surge uma nova tendência: uma nova gíria cai na boca do povo, o penteado de alguma celebridade faz a cabeça das pessoas, uma grife traja e ultraja uma geração, um novo ponto da anatomia humana é o novo alvo dos piercings, uma banda toca eternamente o coração das pessoas por 15 minutos. E vamos nós atrás, seguindo a procissão dos que buscam um estilo próprio para ser igual a todo mundo.

For the times, they are a changing...

Engraçado. Parece até que fazer aniversário é marco. Nunca foi. Sempre foi tudo a mesma coisa depois do aniversário. Toda a expectativa que é gerada, sempre cai por terra, como em todas as viradas de ano. Esse ano porém, tá sendo completamente diferente. Desde o dia 1º de junho, inicio do meu inferno astral, tudo tem começado a mudar. Algumas mudanças hoje, 2 meses depois já aconteceram. Outras estão por se concretizar por esses dias e outras mais para frente. Pela primeira vez também, acompanho todo o andamento das mudanças. Vejo todo o processo e todo o pequeno passo para chegar até o final. Alguns passos, eu até tenho ajudado a dar. Um canceriano que normalmente se sente ameaçado pelas mudanças, agora além de esperar por elas, dá passos para elas acontecerem, ajudo nas mudanças. Tô até me empolgando com elas. Do tipo, procurando ver como minha vida vai ficar ao final das mudanças todas. Elas vem em todas a direções e ao inves de medo, não, vem esperança e expectativas. Isso está sendo muito bacana. "for the times, they are a changing"

distâncias azuis

Ele me faz rir, me faz brincar, me faz melhor, me faz mulher. Os olhos dele são azuis como céu aberto no verão. Brilham como o sol e transmitem o mesmo calor. O som da sua voz ressoa tranqüilo, me dá vontade de me aconchegar nesses braços que me guardam feito um porto seguro. A sua inocência me faz mais jovem, a sua alegria me faz mais leve. Tão leve que sou capaz de voar. Eu vôo no azul dos seus olhos, na companhia confortável de boas lembranças de várias origens. Meu porto de chegada é a grande alegria do próximo encontro. Onde ele de novo me fará rir, me fará brincar, me fará melhor, me fará mulher.

Na Selva

A vida na Selva é isso aí que você está vendo: um companheiro de trabalho que é amigo da onça; o Leão do governo que tá sempre metendo a mão no teu bolso; uma vizinha esticando o pescoço mais do que girafas,pra fuxicar a vida alheia; vários bambis dançando nos embalos de sábado à noite; parentes pagando mico nas festinhas de família... isso quando não aparece alguém com a macaca pra estragar a bagunça; a nossa grana jávali(u) mais. A vida na Selva é isso aí... e a gente sempre torcendo pra nunca dar Zebra (ou não).

Aquário

Eles são como peixes, apesar da ausência de guelras ou brânquias, pois se localizam em aquários enfeitados com computadores, cadeiras e murais. Correm de um lado a outro com desenvoltura, rapidamente. Você não os vê com alimento, mas sabe que comem, pois são animais. Do outro lado do vidro, silêncio. Até serem fisgados, machucados e retirados veementemente de seu habitat. Até se sufocarem e se debaterem feito linguado, lambari, namorado. Do outro lado do vidro, silêncio.

Deixa eu ver teu Desktop?

Foi-se o tempo em que "conhecer a privacidade alheia" era invadir o quarto, abrir a gaveta de calcinhas, ou espiar pela fechadura. Hoje o barato é conhecer o desktop alheio. Então... Vem cá! Nós pra nós.... Deixa eu ver teu desktop?

Tão nossa

Coisa velha essa coisa nossa. Velha como a memória dos corredores escolares, das tensões envergonhadas dos intervalos infinitos e dos esbarrões provocados. Coisa intensa essa coisa nossa. Intensa como a vontade de saltar pela tela, comer um ao outro, devorar essa coisa nossa como se o tempo nosso tivesse se esgotado. Mas ele não se esgotou, apenas começa. Coisa louca essa nossa. Louca como a vontade de chutar tudo, de largar todos, de fugir sem destino. E o destino? Coisa nossa essa coisa tão nossa.

Just friends!

Ontem foi uma noite especial. Numa festinha julhina com meu irmão e dois amigos dele, eu ouvi várias histórias, de quando eles tinham 12 anos, 13, 14, 18, 20 anos... a zona acontecia toda aqui em casa e o pior (ou melhor, no ponto de vista deles) é que essas coisas aconteciam sempre quando eu não estava. felizmente ontem entendi como algumas coisas quebravam ou mudavam de lugar ou apareciam imundas (risosss). Faz um tempinho que sou amiga dos amigos do meu irmão. O fato é que faz 3 semanas que to fazendo uma maratona "Friends" em casa, assistindo a série desde a primeira temporada. A questão é que eu gostaria de ter vivido tais momentos assim, e chegar aos 30 ou 40 anos e ainda ter os mesmos amigos, cheios de histórias pra contar! Pensei: não tenho nenhuma amiga ou amigo da época de colégio... daí lembrei que tenho uma amigona da época do 2° grau, que agora é ensino médio... mas quase não nos vemos. Daí recordo que não tenho melhores amigas de faculdade... mas tenho amigas nutricionistas de outras faculdades, hehehe, mas quase não nos vemos também. Mas o que é mais estranho é que tenho amiga de quando eu tinha 6, 7 anos, que moram aqui pertinho, mas que também quase não vejo. Hoje meu melhor amigo é meu irmão, que há uns 3 anos atrás não era e sinceramente preenche um espaço muito especial e importante pra mim. A questão toda é que quando comecei a ficar triste pensando que não tinha mais amigos do peito eu percebi que na verdade ainda os tenho, mas que por gostar tanto de fazer amigos e a cada dia ter um a mais, sobra pouco tempo pros outros, não é mesmo? E todos eles certamente têm muitas histórias pra contar! por isso, e por 20 de julho ter sido o dia do amigo, eu deixo aqui minha homenagem aos meus grandes amigos, aos novos, aos antigos, ainda que tenhamos convivido por tão pouco tempo, ou àqueles que estão aqui pertinho todos os dias, mas que fazem do meu livro da vida ser muito mais feliz de ser recordado. Foi um parágrafo longo, eu sei... mas Amigo é pra essas coisas, inclusive ler um monte de coisas escritas que nem a gente entende... Amo vocês!

Ultimo capítulo de Belíssima.

Eu que nunca tinha visto algo que mudasse minha vida na TV, ontem, no ultimo capítulo de Belíssima, tive que dar o meu braço a torcer. Graças ao ultimo capítulo, minha vida mudou. Minhas perspectivas e valores mudaram. Nada será como antes. A primeira mudança acontecerá segunda-feira, quando eu for trancar a minha faculdade, largar meu emprego, me matricular numa academia e passar lá todo o tempo compreendido entre o acordar e a hora de dormir. O segundo passo vai ser apenas encontrar uma Bia Falcão da vida. Depois vai ser só ir com a véia para a Europa, dar uns golpezinhos e pronto. Lá vou eu feliz, sorridente e cheio dos euros para Londres.

Brincadeira de criança - parte I

Faz duas semanas que tenho "brincado" com os amigos, de mímica. Sim, dois times: meninas x meninos! Na primeira empatamos, na segunda ganhamos e ontem perdemos... na melhor de 3 tá 1 pra cada lado. O mais interessante é a capacidade dessas mentes criativa de desenvolverem meios para transmitir certas palavras tendo apenas 1 minuto...tá, tá, mas eu preciso dividir aqui com vocês as duas mímicas mais clássicas de ontem: segundo meu amigo Thiago,"aspas" + "trancinhas" = As Patricinhas de Bervely Hills!! Segundo minha parceira de jogo Lila, "menor" + "ré" = Minority Report. O pior é que eu adivinhei, hauxhuaxhuaxuauaxhuahuxaahxu. Vale tudo, em qualquer idioma, basta ter criatividade. Tudo começou quando minha parceira de jogo conseguiu fazer o "uma" e "para", sendo um filme com cinco palavras e eu do nada respondi: Uma cilada para Roger Rabbit!!!E sabem qual vai ser o programão de hoje?? Churrasco e Mímica!!!!! %$#¨*#!$*&&&, entenderam???

Vai rolar a festa

De quatro em quatro anos surge uma turma de chatos de galocha reclamando que o brasileiro não se mobiliza para nada além da copa. Não é bem assim. Veja o caso das Diretas Já, Fora Collor e outros fatos recentes. Tudo isso aconteceu porquê rolou uma festa por trás. Essa é a solução para mudar o país: Nada de revolução, luta, sangue suor e lágrimas. Bota um axé ou um Rolling Stones pra tocar que o pessoal se mobiliza sem traumas, mas longe da minha casa, que eu gosto de sossego e Weezer.

Ilusão de ótica

Seus sentimentos eram organizados por fichas e agendados. Seus compromissos sentimentais não eram desmarcados, nem repentinos. Tudo seguia o rito sensato de um julgamento ordinário. Permaneceu de olhos fechados por um período eterno/curto. Desejou não ser sonho, mas justo nesse momento, o carro de som de uma ótica sem graça começou a berrar em seus ouvidos as promoções do mês e descobriu que o seu oculista é um tremendo filhodaputa e amanhã mesmo vai passar nesta nova ótica.

RH

Eu vou estar escrevendo um texto para o Parágrafo Único esta noite. Ele vai tá se chamando 'Se você pudesse ser um salgadinho, qual seria?'. Quando acabá-lo, eu posso tá mostrando para vocês antes de publicá-lo. Assim, vocês podem tá sinalizando, é, sinalizando, o que eu posso tá mudando para torná-lo mais simpático e mais fácil de tá sendo lido. Depois, vocês podem tá tecendo comentários ou críticas.

Patriotas de ocasião

A cada quatro anos uma histeria coletiva varre nosso país. Uma massa de gente sai de suas tocas, se veste de verde e amarelo, para defender o Brasil, torcer pela nossa nação. Eles são aqueles patriotas que vivem reclamando da Copa. São aqueles chatos que ficam esbravejando por aí que todos só tem olhos para a seleção, que o país está um caos e que o povo só quer saber de festa. Bah, o Brasil é uma zona há mais de 500 anos, ninguém leva nada a sério e esse pessoal só reclama durante as copas. Deixa o pessoal festejar em paz...

Todos torcendo pelo Brasil...

NOSSA, não achei que essa campanxha fosse pegar tanxto!Faz aproximadamxenxte unxs 20 dias que mxeu xteclado está assim, soltando "X" pra todos os lados... deve ser a síndrome do heXa!!!! Foi um custo escrever o post anterior, porque tive que apagar todos os x's intrusos.... X(risosss). A verdade é que definitivamente são todos mesmo loucos pelo Brasil! XVAMOS N'EXXA!!!!

Fair Play

Bem, hoje ao ver o jogo Portugal x Holanda entendi bem o que é um time totalmente oposto ao conceito Fair Play. Torcedor que é torcedor de verdade gosta mesmo é de jogo limpo, bem jogado, com velocidade e talento. Gosta de fazer aquele " Uhh" de quase gol... gosta de gritar "Gollllllllll", de gol mesmo. Gosta de sentir o coração bater acelerado e nervoso achando que 1 minuto é tempo pra caramba até o jogo terminar! Eu adoro futebol, mas de futebol arte. Daquele futebol que hoje é bastante raro nos campeonatos nacionais. Nunca pensei que fosse ficar tão tensa hoje com o relógio que não deixava os segundos passarem... sou metade brasileira e metade portuguesa, e senti um prazer imenso em torcer pelo Galo. Só senti muito mesmo pelas atitudes antijogo. Senti mesmo. Agora vou preparando o coração para terça...Se o Brasil não jogar com gana, vai dar Gana!! Dá-lhe Brasil!!!

Pode gritar, eu deixo

Você! Você mesmo que estava me dizendo que torce contra o Brasil na Copa. Você que ainda acredita que o país é mais corrupto quando o Brasil é campeão, e que as pessoas não dão a mínima pra política só porque acharam outra coisa mais divertida e menos patética. Você que passou a semana irritado porque só se fala em Copa do Mundo. Você que chamou o Ronaldo de gordo-estragado-que-já-deu-o-que-tinha-que dar. Você que acha que são todos vendidos, ou que são hipócritas mercenários que "não valem o quanto pesam". Você que gritou "Goool, do Japão!". Você mesmo, que sentia vergonha de ser brasileiro em época de Copa. Pode gritar. Pode beber e comemorar. Eu sei que está com isso entalado. Eu sei que, agora, está encantando com a Seleção Canarinho. Ou se preferir, continue gorando... Continue entoando hinos de louver à Costa do Marfim. Porque eu tenho certeza absoluta que, se formos campeões, eu vou olhar pro lado e te ver... Trêbado, rouco, com uma bandeira verde-amarela na mão, gritando: HE-XA-CAM-PE-ÃO!!

Valeu gorducho!!!

Os dois gols do Ronaldo, o artilheiro acima do peso ideal, mostraram para o mundo que os gordos, obesos, fora de forma,elefantes, rolhas de poço, gorduchos, fofinhos, baleias, barrigudos, corpulentos, untuosos e adiposos em geral tem o seu valor!
sobe. desce. ama. mata. morre. fuma. bebe. come. dorme. levanta. cai. chora. ri. canta. ouve. música bela poesia. sente. cheira. escreve. CANSA!

Urgente!!!

É tanta coisa pra fazer que não dá vontade de fazer coisa alguma. Tanto
projeto pra entregar que mal sei por onde começar. Tanta conta pra
pagar que dá vontade de ser caloteiro. Tanta coisa pra aprender que
mesmo que eu estudasse a vida inteira em tempo integral eu não iria
conseguir dar conta do recado. E eu não fumo, não bebo, não uso nenhuma
droga... Preciso arrumar um vício! Urgente! Antes que eu enlouqueça!!!

Me vê a conta?

Hora de pagar a conta, estendo o braço e ofereço o cartão de crédito. O sujeito do caixa passa o cartão na máquina e vem a angústia. O papel não sai, e já imagino o cartão bloqueado, lembro que não tenho um puto na carteira, me constranjo com a possibilidade da vergonha. Já vejo a cara de puto do sujeito, os clientes na fila reclamando da demora e atravessando um olhar acusador. Tudo questão de segundos. Longos segundos. De repente, o papel sai do terminal: alívio. Bons eram os tempos daquela maquininha manual que parecia querer arrancar os dedos de quem a usava...

Futebol é o que há!

Realmente, durante todo o mês de junho e até meados de julho não teremos outra opção: haverá mesmo só futebol! Bom, eu curto então tá tudo em casa. Só fiquei mesmo pensando o que houve com o Ronaldo... será que foi o problema das bolhas?! sei lá, mas se foi, só pode ter sido aquela bolha enorme que ele tem no abdome :P

O Asilo de Garotos-Propaganda e Mascotes Esquecidos

É logo ali, entre o Leme e Copacabana (sim, na Av. Princesa Isabel, bem em cima de um estabelecimento comercial nada familiar), que fica o Asilo de Garotos-Propaganda e Mascote Esquecidos e é para lá que todas as pessoas e animais, animados ou não, vão quando suas propagandas saem do ar ou quando os produtos dos quais eles se tornaram símbolos saem do mercado. Quem passa por lá bem cedinho pode ver os militares da propaganda de Malt 90 fazendo sua corrida matinal ou um dos funcionários da casa levando o simpático cãozinho da propaganda de amortecedores Cofap para fazer suas necessidades em um canteiro próximo à portaria do prédio, enquanto uma alegre voz infantil (e um tanto irritante, diga-se de passagem) canta o jingle do Café Seleto, convidando todos ao desjejum. Mas nem tudo é alegria no asilo: é na madrugada, quando as luzes se apagam e apenas os gemidos das prostitutas apanhando de seus cafetões e dos garotos de rua apanhando da polícia quebram o silêncio, que a tristeza toma de assalto os pobres-diabos que habitam o asilo. E se você não acredita, apure bem seus ouvidos quando estiver caminhando bêbado em direção ao Barbarella às 3:15 da matina, pois é quando pode-se ouvir bem de mansinho o Baixinho ao piano, tocando aos prantos A Kaiser é uma grande cerveja, em blues.

Sou brasileiro, não desisto nunca

O brasileiro é um dos povos mais perfeccionistas do mundo. Nunca está satisfeito com nada. Elegeu um presidente, só para apoiar um golpe militar depois. Lutou pelas diretas, só para derrubar um presidente. Votou no FHC, só para reclamar do Real. Votou no Lula, só para sentir saudades do FHC. Agora fica malhando a seleção por causa desse 1 a 0.

Campanha anti-pirataria para a Nike

Toda vez que alguém compra uma camisa falsificada da seleção, Ronaldo Fenômeno engorda um quilo!!!

Oh l'amour

O dia dos namorados é na próxima segunda-feira, mas a Copa do mundo ofuscou essa romântica comemoração. O que se vê nas ruas, shoppings e vitrines é uma overdose histérica de verde-amarelo. A exceção ficou por essa livraria na Zona Norte, onde os donos decoraram uma vitrine com flores, caixas de bombons e livros sugestivos como "artes eróticas", "jogo da sedução", "365 beijos de amor", "O que os casais devem saber" etc. O engraçado é que esses livros estão lado a lado com edições do código penal e outros livros sobre direito. Vai entender...

Empurrando com a barriga

Vou empurrando com a barriga. Mas, pelo menos, não me falta barriga para empurrar.

Amo-te

Amo-te, menina. Amo-te tanto que nem sei dizer. Que nem sei dizer quanto e nem sei dizer por quê. Mas amo-te. Amo-te um amor carinhoso, um amor saudoso de algo que nunca aconteceu e talvez nunca aconteça. Mesmo assim, amo-te. E amo-te muito, menina.Amo-te num amor preocupado. Amo seu talento que ainda não se sabe talento, seu olhar que ainda não se sabe olhar. Amo-te num amor admirado. Porque eu já sei o que é talento e aprendi o que é olhar.

Epifanias sobre trilhos

Por mais absurdo que possa soar (e com certeza, vai soar absurdo), alguma coisa no metrô de São Paulo estimula a minha criatividade. Não sei o porquê, mas não tenho esse feeling com tanta intensidade no metrô carioca; talvez seja a maior variedade de rostos e sotaques ou a quantidade de luzes que se vê pela janela. Só sei que quando o trem corre pelos trilhos, algo faz com que as engrenagens na minha cabeça comecem a girar: prosa, verso, música... a cada estação uma nova idéia, epifanias sobre trilhos. Nunca tentei entender o porquê, até por achar que esse je ne sais quoi é o legal da coisa, mas talvez seja o meu lado O passageiro tentando ver um meio de transporte de massa como Um trem para as estrelas.

Amigos invisíveis

Um nó na garganta, ansiedade, mas o nome disso é saudade mesmo. Era a primeira vez que o filho almoçava em casa. Tanto tempo sem vê-lo... Sabia o que ele gostava de comer: legumes, feijão, nada de carne e refrigerantes, dieta hippie... A mesa posta, a comida bem temperada, suco de laranja. Tudo parecia direitinho, mas aquele silêncio, apertando ainda mais o nó... O que estava errado? Nada não, pai. Mas é que não tem prato para meu amigo. Heh! Mas como ver um amigo imaginário? Não seja por isso, nada que mais um lugar à mesa e um pratão de comida de mentirinha não resolva. Almoço bom, o nó afrouxa e a tarde se abre, plena de felicidade, prometendo novas surpresas.

Raiva contra o oba-oba

Pesquisa patrocinada pela CNT mostra que 79,8% da população acredita piamente que a seleção brasileira vai ganhar a Copa do Mundo. Até aí morreu Neves, mas o dado chocante (ao menos para os adeptos do oba-oba) é que 27,4% dos entrevistados DETESTAM futebol e uns e 10,7% não estão nem aí pra Copa. Esses maus brasileiros, anti-patriotas e vendilhões da pátria devem ser os mesmos que não leram o Código DaVinci, esnobaram a nova trilogia do George Lucas, não acompanham Lost, passam o carnaval sem ouvir axé e acham que vinho foi feito mesmo é para beber...

Do fruto do trabalho árduo

Um anjo desceu à Terra e colocou um tremendo de um calhau no meio de uma estrada. Um rico comerciante que passava por lá deu uma topada e saiu fulo da vida, reclamando do governo de esquerda neoliberal que dominava o país e mantinha as estradas daquele jeito. Um soldado que vivia praticando com sua espada também catou cavaco e jurou que mataria que havia deixado a pedra por lá. Um alto sacerdote deu justo com a pontinha do dedão, aquele com a unha encravada, e saiu amaldiçoando quem havia construído a estrada. Uma jovem e simplória camponesa (nessas lendas, essas mocinhas são sempre assim) viu a pedra e passou o dia inteiro tentando movê-la (não que a rocha fosse tão pesada, a moça era burrinha mesmo) até que encontrou uma moeda de ouro um bilhete que dava os parabéns para quem havia se esforçado tanto. A moça viu que com aquela porcaria de moeda não compraria seu tão sonhado iPod, mas teve um insight: colocou toneladas de pedras pela estrada, espalhou a lenda do tesouro e ficou rica vendendo kits para remover pedras.

Da doçura do coração

A cidade estava perdida, sitiada pelo exército dos bárbaros impiedosos, que sedentos de sangue, só esperavam a rendição para saquear os homens, queimar as mulheres e violentar seus tesouros (ok, não eram bárbaros muito espertos). Um jovem padeiro, ingênuo e de coração puro (como todos os jovens de fábulas piegas), resolve criar um doce, mas tão doce e delicioso, que seria capaz de amolecer o coração do rei bárbaro e fazer com que a sua bela cidade fosse poupada. Só que o guerreiro era diabético e acabou morrendo após comer a segunda fatia. Assim a cidade escapou de uma boa...

Pobre Paulista

Centenas de atentados, centenas de mortos, a maior cidade do país ( e quarta do mundo) paralisada de medo porquê uns bandidos queriam TVs de plasma (que nem funcionam direito com o nosso padrão de transmissão) para acompanhar os jogos da copa. Agora, imagine só o que poderá acontecer quando esses caras quiserem algo sério mesmo... Será a solução bloquear o futebol?

Bom dia

O dia já estava nascendo e invadindo a janela empoeirada, fazendo no chão uma sombra abstrata de desenhos estampados no vidro. O frio da madrugada começava a ir embora, fazendo derreter as tristezas e brotar esperanças. O silêncio foi de súbito assaltado pelos ônibus e carros na rua. De repente um helicóptero lambeu o céu e beija-floreou algum acontecimento qualquer. O rádio-relógio gritou as manchetes da manhã. As sirenes levavam doentes pelas ruas. Outras sirenes conduziam crianças sonambuladas para as aulas. Um novo dia nascia.

São Paulo

Quem está no comando para nos salvar?...Batman? Super-Homem?...Acho que é o Chapolin Colorado!!!!!

se conselho fosse bom...

Ninguem esta livre do cometer erros, isso eh fato. Mas situacoes que tem o potencial de virar mal-entendidos requerem atencao imediata. Quase tudo na vida se resolve com uma boa conversa na hora certa. Parte de ser adulto significa saber conversar, principalmente quando estao em jogo sentimentos. Os seus ou os de qualquer pessoa. Brincar com a cabeca e com o coracao dos outros eh feio e cria karma ruim. Portanto, leitor, se voce errou, peca desculpas. Se voce nao entendeu, pergunte. Se vc se expressou mal, esclareca. Crises de consciencia postumas normalmente so pioram a situacao. Depois que o mal-entendido vira magoa tudo fica muito mais dificil. Se voce realmente quiser borboletas no seu jardim, preocupe-se primeiro em cuidar bem das suas flores.

Fiu fiu!

O que você faz quando passa por uma mulher bonita? Gira o pescoço, assobia, emite grunhidos. A vontade era de passar a mão na bunda dela, torcer os bicos dos dois seios dela, afundar a calcinha de renda dela nas suas narinas. Mas só vontade mesmo, porque o seu órgão genital não funciona corretamente, de maneira adequada. Então você se contenta em gozar. Com os amigos. Uma gozação. Uma daquelas cantadas baratas que só eles entendem. E se dá por satisfeito. O que você faz quando passa por uma mulher feia?

Porque eu adoro as Estrelas...

Sabe por que eu adoro as Estrelas? O espaço é grande o suficiente para caber todas las, e onde cada uma pode brilhar a seu modo. Umas mais, outras menos.Varia de acordo com a maneira com a qual você as olhe, mas uma coisa é certa, nenhuma estrela ofusca a outra... jamais. Porque toda Estrela nasceu mesmo para brilhar!! Lindas, não?

Lição

...e de tudo que vivo, e vivi, fica sempre uma lição: eu sempre me entrego D + !!!!!!!!!

Vigília

Não importa a que horas eu chegue em casa: lá está ela me esperando no sofá, ansiosa pelo meu toque. O dia está quase nascendo e eu só penso em dormir, mas ela me chama... quer que eu me sente com ela no sofá, nem que seja por apenas por um momento. Eu olho para as curvas perfeitas de seu corpo e a pego pela mão, puxando-a para junto de mim. Deixo que meus dedos deslizem por seu braço e então tudo começa: os gemidos, o rosnado, os gritos... e enfim o silêncio. Então eu me levanto, desligo o amplificador e a deixo no sofá, repousando com as cordas para cima e vou dormir com um sorriso nos lábios. Adoro a minha guitarra.
Alguns chamam de destino, outros de pura coincidência. Momentos que nos trazem alegria ou tristeza para uma vida inteira, momentos que não conseguimos entender como aconteceram. EU CHAMO DE VIDA!!!!!

O homem que sabia demais

Trabalhava com telemarketing há anos. Todas as madrugadas passava longas e intermináveis horas ao telefone, ligando para casas de pessoas do outro lado do mundo para fazer pesquisas. Perguntava a elas de tudo - hábitos alimentares, uso das listas telefônicas, comportamento sexual, preferências de produtos, tudo. As pessoas o ofendiam, desligavam o telefone na cara dele, gritavam. Mas muitas respondiam as longas pesquisas e contavam o que ele precisava saber para anotar nos formulários. Um dia, entre uma ligação e outra, sacou da gaveta um revólver, colocou-o na boca e atirou. Ele sabia demais.

Meu marido vive num mundo musical

Quem já assistiu Noviça Rebelde deve entender melhor o meu parágrafo. Tudo o que ele faz, faz cantando. Ele vai comer um pedaço de pão, por exemplo e sai cantando uma musica "euuu vouuuu comer um pão pão pão, com manteigão gão gão gão". Até aí tudo bem, fico até feliz porque tenho um marido muito inteligente e criativo. O problema é conversar com ele... Quando está atacado, o dito cujo fala TUDO cantando e rimando! Não dá pra não me irritar mas também não consigo brigar, porque ele faz aquela carinha de cachorrinho que caiu da mudança! Só fico falando "pára, pára, pára". Acho que sou a pessoa que mais fala "pára" no universo! O grande problema é que, se ele pára mesmo, eu fico perguntando o que ele tem. Casamento é isso mesmo! Até o que te desagrada, te agrada! rsrs...

Se vc pensa que limonada é água...

Eu não sei mais o que esse povo vai inventar, viu?? Eu não jogo capoeira, eu sou de escorpião, e limonada pra mim tem que ter limão, ou ao menos que seja apenas água, só água. Já viu caipirinha com um leve toque de limão??? Existe isso? claro que não! (acho que é por isso que gosto tanto...); já viu sangria com um leve toque de vinho? pois bem, eu nunca vi uma água com um leve toque de água. Ah sim, é toque de água, porque o gosto de limão é muito forte pra ser apenas um detalhe; no mínimo é um baita empurrão de limão. Nem ginecologista seria tão agressivo assim no seu "toquezinho". Pelo menos minha curiosidade custou apenas R$1,50. Garçom, manda uma água, com gosto de água por favor.

Não desce redondo

Essa agência que cuida das propagandas da Skol só dá bola fora. Primeiro foi aquele comercial da musa do verão. Agora é esse com as traves que prejudicam o time da Argentina. Tentaram fazer um comercial engraçadinho, mas se você prestar atenção, vai perceber que a seleção brasileira, que eles mostram, tem uma defesa mixuruca e só vai ganhar dos argentinos se tiver uma ajuda externa,ou seja, roubando mesmo...

- Respira!

Dá aquele desespero. E aí, alguém manda a gente respirar. Mas eu tenho respirado nos últimos vinte e sete anos, dia após dia, um segundo após o outro, sem parar. E não tem adiantado. E o pedido é por respirar fundo, mas aí dóem os pulmões, e os vinte e sete pesam. E pesam não porque são muitos, mas porque são muito mais. E porque há muitos quilômetros. As coisas precisam ser leves. Mas não são. - Respira!

Teleguiado

Minha geração cresceu em frente à uma tela de Tv, por isso foi natural ter pirado com o site You Tube, que disponibiliza vídeos para serem assistidos on-line. Ele é genial, qualquer um pode fazer um up-load de qualquer tipo de vídeo e qualquer um pode assitir. Dá pra se deliciar com comerciais de comida para gato japonesa, ficar de boca aberta com o trânsito da Índia e até mesmo lembrar o saudoso Barbosa...Comecei procurando músicas dos anos 60, passei para o punk rock e pop dos anos 80 e agora estou viciado nos clips musicais dos filmes indianos. Tem cada coisa do arco da velha por lá!

Menos alcatrão, menos nicotina

Foi ela quem começou com aquela retórica irritantemente pedante, dizendo que há muitas coisas entre o céu e a terra que não são passíveis de explicação. Alegou que eu era o racional, ela era o passional.. O estopim do foguetório foi quando ela exemplificou as questões humanas na metáfora interrogativa sobre quem veio primeiro: se o ovo, ou a galinha. E perdeu a fala, os argumentos, a serenidade, o espírito esportivo, alguns fios de cabelo e a respiração quando, com naturalidade, mostrei que o ovo veio primeiro do que a galinha, uma vez que os dinossauros vieram antes dos galináceos, e os bichanos pré-históricos nasciam de ovos.

Se Elvis não Morreu...

Impressionante como temos dificuldade em aceitar as perdas, não é mesmo? Sério, não que eu acredite que Elvis ainda viva, porque mesmo que ele não houvesse morrido naquela época, hoje acredito que ele não esteja mais entre nós. Bem, ele não está mesmo entre nós, e se estiver não será da maneira como o conhecíamos... afinal por que estou falando de Elvis?? Tudo isso é pra concluir o seguinte: Se Elvis não morreu, Sirius Black também não morreu e tampouco Alvo Dumbledore!! E vida longa a Elvis!!!!

13 DE ABRIL!

Ontem foi dia 13 de abril e eu nem pude deixar meu post aqui... mas no dia seguinte ainda tá valendo, eu acho ( risosss). Pois bem, ontem foi Dia do Hino Nacional Brasileiro, Dia da Carta Régia, Dia do Office-Boy , Dia do Beijo ( uau, deste eu gostei!!!), Dia dos Jovens, será Páscoa em 2036 e o mais interesante: Primeiro dia do Ano Novo tailandês. Tô adorando a Wikipédia

Teoria da conspiração

Todo dia é a mesma coisa: abro minha caixa de e-mail e as correntes religiosas parecem transbordar monitor afora. Nossa Senhora isso, coração de Jesus aquilo, Espírito Santo aquilo outro e o foward nosso de cada dia para muitas tantas pessoas da lista de quem recebe continua lá, firme e forte para 5, 10 ou 50 pessoas dependendo da graça. Será que nestes tempos modernos de programas evangélicos se multiplicando na TV aberta, o Vaticano resolveu apostar no futuro e estamos presenciando uma Contra-reforma online?

Musica na cabeça.

Tem dias que eu acordo com umas musicas na cabeça. Nem sempre são inteiras, são fragmentos. E o pior é que quase nunca são musicas conhecidas ou que eu tenha ouvido recentemente. Por exemplo, a de hoje é um fragmento de "When The Saints Go Marching In", que foi gravada pelos Beatles com Tony Sheridan entre 60 e 62. Aposto que ninguem conhece essa musica. Eu só espero acordar com alguma musica mais nova na cabeça amanhã.

Eu quero o beijo de um Dementador!!

Meu amigo Bing uma vez me falou sobre Dementadores e beijos... pensei nisso durante todo o dia de hoje e foi quando imaginei que talvez eu só precisasse disso: um beijo sequestrante, que levasse embora todas aquelas lembranças que agora não tão bem fazem mais. Não devo temer, meu coração já está bastante gelado, mais até do que eu ousaria desejar um dia... Um Dementador que me faça esquecer tudo o que não preciso mais lembrar; que me deixe escorregar desmaiada pelos seus braços, acima de qualquer ilusão. E que ao sugar as tristes memórias, leve consigo meu passado inesquecível, e me faça renascer por completo, totalmente livre para amar outra vez.

Intestino preguiçoso

Uma conhecida empresa multinacional tem tanta confiança em seus produtos que acaba de lançar um desafio: se você passar 15 dias tomando a beberragem deles e não usar o troninho, recebe sua grana de volta. Beleza! Deve ser tiro e queda na prisão de ventre. Nada disso, o comercial mostra umas letras miudinhas que aparecem rapidamente: o uso do produto deve estar associado à uma dieta equilibrada e hábitos saudáveis. Assim não dá! Nossa sociedade quer fórmulas mágicas, auto-ajuda, hedonismo. Não quer esforço, dor e muito menos mudanças drásticas em seu estilo de vida. Se todos fizessem exercícios, comessem direitinho, dormissem bem, votassem com consciência, o mundo parava com tanta felicidade e harmonia! Subversivos!

Comédia sobre o nada III.

Tava passando e duas pessoas tentaram tirar uma foto minha do ônibus, acho que mandei bem nas provas e no trabalho, meu relógio vai tocar 50 minutos depois que fui dormir e eu não to nem ligando. Tô pensando em gravar um curta no feriado. Estou inclinado a acreditar no I Ching. Não disse uma mentira no dia 1º de abril. Devo almoçar na rua amanhã (yes!!!). Me falaram que to parecido com profeta ou algo parecido. A Danielle citou minha poesia. Tem dias que são mesmo muito estranhos. Alguém tentou me convencer de que câncer não é o pior signo do zodíaco e, é claro, não me convenceu. Vamos combinar também que aí seria demais, não é verdade?

Gotas de sabedoria - Dos desígnios de Deus

O leão estava vagando em busca de comida quando dá de cara com um grupo de gatinhos que parecem rezar com fervor. O rei dos animais, comovido com aquela cena, se esquece da fome que o tortura. Mas na verdade, os pequenos felinos estavam blasfemando pois haviam passado o dia todo rezando para que Deus mandasse uma chuva de roedores para saciar sua fome. Como não chovera um mísero camundongo, eles estavam seriamente pensando em virar comunistas, invadir alguns latifúndios improdutivos ou pegar umas verbas para fazer filmes junto com a Globo. O leão, em sua majestosa sabedoria pensou com sua juba:"Como são engraçadas essas vis criaturas. Eles se chatearam pois não receberam a benção desejada, mas nem notaram que Deus me fez poupar suas vidas". Nessa hora surge um caçador que fuzila toda a bicharada para vender as peles para a Daslu...

Eu quero estudar em Hogwarts...

Piadinha interna pra quem lê Harry Potter... É verdade, eu quero estudar em Hogwarts, de preferência na casa de Grifinória, e sabem por quê??? Por um simples motivo: cansei de ser trouxa!

Eu penso..tu pensas...

Eu estava pensando e...pensando? Quanto tempo precisamos pra falar o que pensamos? Se é que pensamos, ou somos apenas levados a pensar o pensamento-congelado, pronto para ser esquentado e comido por qualquer um que tenha preguiça de cozinhar as idéias que foram colhidas a todo tempo. E assim caminha a humanidade: comendo telejornais e vomitando frases de contentamento. E acaba de passar um auto-falante: "Hoje tem pizza? Tem, sim senhorrrrr." Eu penso que: talvez o mundo ande penso assim de tanto a gente pensar que pensa e não pensar porra nenhuma.

Porquê eu durmo tarde

Curto muito aqueles filmes de ação/terror/aventura/artes marciais vagabundos que passam nas noites da TV Record. Tem um filme de terror sobre um jacaré gigante que mata geral. O bicho detona um massacre em uma cidadezinha à beira de um lago (essas cidadezinhas pacatas americanas devem ter um karma muito ruim), mas no finalzinho cospe a última vítima, pois o cara havia se lambuzado de repelente de mosquitos!!!! Quanto mais vagabundos e metidos à sério melhor como os de Chuck Norris, Steven Seagal, Casper Van Dien, Roger Corman... Tem uns de artes marciais que são inacreditáveis, que nem o Máscara Negra 2 (que conta com Traci Lords no papel da mulher-camaleão). Mas os filmes de época do Jet Li são bons. São como o Herói ou Adagas Voadores, mas com um 1/5 do orçamento e sem aqueles figurinos todos...

Verdades que precisam ser ditas

Você é o que você come. Não é mesmo? Porco! A carne com gordura que vai para os flancos do seu corpo, entope as suas veias e faz você respirar como um suíno. Vaca! Comendo aquele lixo verde preocupada com a aparência, evitando seus pratos prediletos. Porém, devora com avidez e ferocidade um bolo de chocolate, lambuzando os dedos, perdendo o fôlego. Ruminante! Entope o estômago em restaurantes que oferecem rodízio e depois vomita tudo de uma só vez. Você é o que você come. Não é mesmo?

Ai ai ai Carrapato não tem pai

Todos os dias alguma coisa me faz lembrar de que o tempo está passando rápido e eu estou ficando velha. O Palhaço Carequinha, um dos meus ídolos de infância, se foi com NOVENTA ANOS! Sabe o que é isso? 90!!! São 9 décadas de vida! Fazia tanto tempo que eu não tinha notícia, que o engraçadinho estava congelado na minha memória com a idade que ele tinha quando eu era pequena. Eu tinha um vinil dele. Acho que o disco ainda está guardado em algum lugar, empoeirado e sem ter onde ser tocado. Que pena! O Palhaço carequinha... Aquele que me ensinou que "O bom menino não faz xixi na cama, não bate na irmãzinha e sempre aprende a lição na escola", que questionava "Está certo ou não tá, garotada?" ou avisava "chegou a hora de apagar a velinha". Que pena! Palhaço do bem deveria ser imortal! E nada acontece com os palhaços de Brasília...

Inclusão social é ter Nike Shox !

Sr. Presidente Luís Inácio Raw Squid da Silva: vossa excelência não entendeu nada. O povo não quer comida esmolada que faz de conta que chega, não quer melhoria na educação que faz de conta que chega, não quer um sistema de saúde decente que faz de conta que chega. O povo quer é Nike Shox !! Sim, sr. presidente, e quanto mais molas, melhor !!! O povo não quer nem saber desse negócio de reforma agrária, quer é poder desfilar com seu celular Motorola que só falta andar sozinho, com calça da Diesel, camiseta Quiksilver e boné Von Dutch. Só assim eles se sentirão incluídos na sociedade de verdade. Dica pro senhor: se quiser ser reeleito, crie pra próxima campanha o Nike Shox Zero ! Todo mundo vai esquecer do PalocciDirceuValeriodutoMensalãoMSTnãoseidenadaetcetcetc...

Radicais Chiques

Acho que essa notícia dá uma boa idéia do que estamos vivendo hoje no Brasil: A Daslu, aquela loja metida à besta que vende roupas superfaturadas para a elite jeca e sonega impostos, abre espaço para um documentário que não faz mais nada além de queimar o filme (já mais do que carbonizado) das favelas. O próprio MV Bill mostra que o que queria mesmo era apenas aparecer: "Não queremos, com este livro, apresentar soluções para a criminalidade infantil, induzir opiniões, ou fazer uma análise profunda baseada em teorias para explicar o motivo dessa tragédia. Pretendemos simplesmente narrar as dificuldades que fizeram parte do nosso dia-a-dia, durante as gravações do documentário Falcão. Fatos que ficaram marcados em nossa consciência, em nossa alma". Pronto, todos fizeram sua parte, mas ninguém dá nenhuma solução, nenhuma idéia, muito menos falam algo sobre gente que está mudando a realidade do país. Sei não, mas esse Falcão me lembra aqueles livros com fotos duras, mas belíssimas do Sebastião Salgado. Vai acabar enfeitando a estante de quem se acha consciente e dar munição para quem é reacionário fazer uma solução final contra os pobres...

É de chocolate?

Meus chocolates preferidos sempre foram Chokito, Prestígio, Krot (que não sei por que virou Shot)... Nunca fui chegado num Sulflair. Em época de páscoa, é sempre a mesma coisa. Se me perguntam que ovo quero ganhar, digo que prefiro que seja um que não seja "só" chocolate. Pode ser aqueles tipo "crocante", "trufado"... Quanto mais amendoim, côco, ou coisa que o valha, mais eu gosto. Quanto menos chocolate, melhor. Sabe de uma coisa? Acho que não gosto de chocolate.

Gotas de sabedoria: De como aproveitar o momento

Um homem caminha pelas montanhas do norte da Índia quando percebe que um tigre o persegue. Ao tentar escapar acaba caindo em uma ribanceira, mas consegue se segurar em uma moita. Nosos herói pensa: "Dessa eu escapei". Mas la embaixo, meia dúzia de najas o esperam. Sem saída, descobre um pequeno ponto vermelho. "Nossa, um morango silvestre. Já que vou morrer mesmo, vou aproveitar o momento e comer essa deliciosa fruta". Pena que não era um morango, mas um raro exemplar do gênero amanita, um cogumelo pra lá de tóxico...

Peleja

Bituca sabia que ia perder o controle sobre a bola e sobre o próprio corpo. Lerdo de raciocínio lógico, porém apoiado pelo agrado que o cartola de seu time ofereceu ao juiz, não teve dúvida: deixou-se despencar em plena grande área. Apito. Pênalti. Confusão formada, o juiz expulsou Fernandão, o zagueiro inocente, e aplicou cartão amarelo ao goleiro Norberto, que reclamou acintosamente. Depois do gol, ao fim do certame, muita coisa mudou. Bituca assinou contrato com um clube espanhol. O juiz comprou imóveis e passou a cheirar cocaína em abundância. O cartola se elegeu como deputado estadual, filiando-se a um partido com as mesmas cores de seu clube. O goleiro e o zagueiro. Bem, o goleiro e o zagueiro trabalham como maqueiros de um campo de várzea em todos os domingos de futebol.

Gotas de sabedoria - Da coragem de ousar

São Pancrétio, o santo das causas idiotas (1324-1366), vagava pelas chuvosas montanhas da Ásia Menor quando encontrou uma casa em chamas com um jovem dentro. Ele gritou:"saia correndo, belo idiota!". O homem respondeu: "Eu não, violão. Está chovendo e minha mãe disse que eu posso ficar doente e morrer." O santo homem riu da ignorância daquele pagão bárbaro e se mandou. A chuva apagou as chamas e o homem se salvou, mas o pobre santo acabou pegando uma pneumonia e morreu em uma taberna de Tiro.

Noite Triste

Tudo anoiteceu dentro dela quando ele decidiu não mais amanhecer ao seu lado. A tristeza se amontoava como pó-em-casa-de-bruxa-de-filme. Até então, ela nunca tinha visto noites tão tristes como as que se formaram em seu interior: sem estrelas, nem lua amarela, nem nuvens alaranjadas. Só havia escuridão até que lhe apareceu uma visita inesperada tranzendo-lhe um lampião. Decidiu que não apagaria mais a lamparina até o nascer de um novo sol.

Pode acreditar !

Vamos fazer a reforma agrária! Vamos fazer a reforma tributária! Prometo trabalhar com afinco até o fim do meu mandato para erradicar a pobreza e a corrupção do país! Serei incansável na busca do melhor para o nosso povo! Prometo que nunca mais faço isso de novo! Só mais um, esse é o último! Não amor, eu só tenho olhos pra você! Vou pôr só a cabecinha... Não é você, sou eu, gosto de você como amigo... Aqui na empresa nós acreditamos em trabalho de equipe! Você caiu em mais um primeiro de abril...

Meu único desejo

O barulho da ventania gelada sacudindo as árvores, aquela luz fantasmagórica da lua fazendo sombras assustadoras em todos os lugares, uma sensação estranha de que não estamos sozinhos, a percepção de que os espíritos estão trabalhando para te fazer algum mal... A madrugada. Quatro horas da manhã. E o maldito vizinho gritando com a mulher. Por alguns minutos fiquei encarando as sombras do ventilador de teto na parede tentando entender o que estava acontecendo. Uma briga? Meu único desejo era que ele, ou ela, tomasse a iniciativa. Um assassinato. Um suicídio logo em seguida. Sangue escorrendo de dois corpos mutilados. Silêncio. E finalmente um sono tranqüilo.

Despedida...

Olá, amigos: Tem sido uma experiência muito especial e maravilhosa participar deste blog tão criativo e cheio de suspresas, principalmente por poder apreciar a maneira tão particular como cada um escreve e conseguir identificar isso. finalmente eu tive que tomar uma decisão muito difícil, mas não teve jeito...terei que deixar o clube do parágrafo único! Não era o que eu desejava, inclusive pensei em alternativas pra não ter que fazer isso, mas não teve jeito, não mesmo. :( Bom, serei bastante breve na minha justificativa, espero que vocês entendam. Nem sei como falar isso, mas antes de tudo obrigada pelos recadinhos e pela atenção... Bem, o negócio todo é que HOJE É 1° DE ABRIL!!! huahuahuauahuauahuauauaauauaau. Vocês não se livrarão de mim tão cedo ;)

A Argentina não tem astronauta!

Já faz algum tempo que o Orkut parou de me chamar a atenção, mas tenho que dar a mão à palmatória de vez em quando e admitir que, realmente, existem coisas engraçadas e criativas lá dentro. Essa comunidade que a Nanda me apresentou tem a sacada mais hilária dos últimos tempos. Rivalidade é muito bom, principalmente quando a gente está do lado que está ganhando!!!

Na hora do rush

Olho pra nuvem e acho que ela parece um urso de pelucia, igual ao que fica sentado no meu sofa. O dia foi cheio, e chove uma chuva fina que finje que molha. Nao vou ligar o radio pra ouvir o limpador de para brisa, indo e vindo, tec tec. Tambem gosto do som que faz a seta quando pisca tec tec tec tec, e quando desarma depois da curva feita. Abro o painel interno do teto solar pra poder ver o ceu la fora sem enroscar o cabelo na trava... nao tem elastico pra prender o cabelo. Cabelos longos e soltos nao combinam com teto solar aberto. A chuva segue fina e tem um arco-iris do meu lado direito. Brilhante! Arco-iris eh uma coisa que invariavelmente me faz sorrir. Mesmo que sem motivo.

Até parece!

Até parece que você vai ficar 1 semana inteirinha sem tomar sorvete...é o seu preferido. Até parece que você não vai chorar naquele filme, eu te conheço! Até parece que ele vai ligar amanhã, calma, tem tempo. Até parece, mas parece mesmo que você não queira trabalhar, porque logo você arruma algo pra fazer! Até parece que você não vai sorrir hoje...claro que vai, é a sua marca registrada (risoss). É verdade e você sabe, ainda que possa não parecer, mais do que qualquer outra coisa, é impossivel alguém não amar você...tsc, tsc,tsc, até parece.
Vivo vivendo essa vidinha vivida, muito diferente daquela sonhada...respirando vou vivendo essa vidinha inacabada que me faz sonhar com aquela sonhada...pelo poeta...por mim...

Marchinha

Transito, transito, transito, lagrimas, musica, buzinas, chuva, barulho, sinal vermelho, freio, acelerador, esquina, estacionamento, portao, escada, porta, chave, trava, sofa, mesa, geladeira, armario, copo, alcool, cigarro, isqueiro, cinzeiro, varanda, musica, lagrimas, alcool, cigarro, cinzeiro, memorias, alcool, quarto, banheiro, chuveiro, toalha, pia, espelho, pilula, agua, espelho, suspiro, armario, pijama, travesseiro, edredon, despertador, abajur, escuridao. Nada como a luz do sol e a promessa de um novo dia.

Via Láctea -soneto 45.154.987

Pra que eu fui falar de Estrelas?? Definitivamente eu vi Estrelas... só não sabia que no inferno também tinha! Aliás, to pensando em deixar as Estrelas de lado. Não diga que eu perdi o senso, não é que eu não queira estar junto a elas, mas um bom papo já estaria de bom tamanho, por isso acho que vou ficar como o Olavinho (só pros íntimos)... conversando com elas, da minha janela. Você não é capaz de ouví-las? não compreende?? É fácil... se você souber amar!

Comédia sobre o nada II

No hospital, depois de uma espera de 2:30 para fazer raio X.

- Você, por favor, espera aqui, que vamos conferir se saiu direito e depois voltamos para te liberar, certo?
- Certo. Vou ficar por aqui.
Encosto na quina me apoiando.
- Fulana de tal. Você será a próxima.
Vem se aproximando mãe e filha.
- Me dá o papel?
- Deixa o papel comigo.
- Mas por que? Me dá o papel.
- Eu gosto de segurar o papel.
Eu me meto.
- Você nasceu para segurar esse papel, não é mesmo? É sua missão como ser humano, não é?
As duas rirem.
Aparece o estagiário da radiologia.
- Ela pode vir comigo?
- Não.
A filha vai para a sala. Eu digo.
- Parabéns, o papel é seu.
- Obrigada.

Comédia sobre o nada I

Loja de CD do shopping, eu entrei:
- Posso ajudar?
- Você tem DVD dos Beatles?
Um sorriso amarelo
-Vou procurar...
Enquanto ela procurava, eu tentava ver o preço da box de Seinfeld. Ela a tirou da minha mão, mostrou o preço e mandou...
- Não tem DVD nenhum, tem CD.
- Eles, eu tenho todos.
- É? Hum... (desdenhando)
- É! Coleciono desde os meus 12 anos. E esse DVD do Ultraje?
- Está 69 reais.
- Caro.
- Mas ele é muito bom.
- Sim, eu sei, já baixei todas as musicas pela internet.
A cara mais sem-graça que já vi na vida que me dizia claramente "o que você está fazendo aqui?".

Marcou

No centro-cirúrgico, eu estava aguardando a vez para uma video laparoscopia para verificar minha endometriose, quando entrou uma outra moça. Para "desbaratinar", quebramos a formalidade e conversamos. Ela me disse que iria fazer uma cirurgia de varizes. Chegou minha vez, parece que pisquei e já acabou a cirurgia. Também, pudera! Era anestesia geral! Me levaram de volta para a mesma sala, com a finalidade de me recuperar da anestesia, quando a mesma moça volta. Dissemos um oi, meio enrolando a língua, e sorrimos. De repente, escutei um choro de bebê. O meu ginecologista fez um parto logo depois da minha cirurgia! Foi emocionante ouvir um "primeiro choro" tão próximo! Disse à moça: olha, nasceu!!! Ela sorriu e disse "logo logo vai ser o seu". Poucas palavras, mas marcantes! Vou me lembrar dela quando estiver no mesmo lugar, mas pra ter o meu primeiro filho!!!

O mundo girava

Ela insistia que podia voar porque tinha cara de borboleta e se todas voam, por que menos ela?! Ah! Era impossível que alguém a convencesse de que tudo não passava de um safari onde nem era permitido atirar nos animais, já que ela achava que aquele leão atraente pedia um tiro na testa, e ela, que jamais reprimia os desejos alheios, sentia uma enorme vontade de satisfazer o leão, mas tudo passou quando desceram do navio e deram de cara com aquela ilha sem nome no meio do oriente, com peixes que saltavam em suas roupas e um havia entrado justamente nos eu decote. Aquele bendito decote que ele insistiu para que ela não usasse porque poderia ser considerado...uma abertura para diversos meios de comunicação e pegação. Ela sorriu e o fez relaxar com um olhar de quem visitou saturno três vezes só esse ano. Ele pediu desculpas e ligou o carro. Pronto. Estavam em casa, no quarto, na cama, no lençol de algodão pseudo-egipcio comprado na promoção

akmvur

É só comigo?? digam pra mim, é só comigo mesmo que isso acontece?? Bem, definitivamente tenho problemas com esses verificadores de palavras. Sempre que tento deixar um recadinho no blog... kapuft!! Dá erro... akmvur não era bem o que ele queria saber. Se eu tivesse escrito akmuvr quem sabe ele não me negaria passagem... porque às vezes um ijdsksffa pode ser mais gskdjhta do que uma xatsdtya, não acham???? Eu fui muito qwawrel quando lkjdrea meia dúzias de letrinhas. Você entendeu? çalkdhf, nem eu!

A ordem natural das coisas IV

Você viaja para se cansar. Admita. São horas até chegar ao destino escolhido, e os minutos demoram a passar. Os quilômetros demoram a rodar. Por terra, ar ou mar você fica enjoado, contorcendo a garganta com os engulhos e a ânsia de vômito. A cama não é tão boa, a comida não é tão saborosa, a pousada não é tão bonita quanto parecia nas fotos. E você, otário, gasta seu dinheiro com qualquer porcaria que te faça lembrar que o lugar onde você vive é feio, imundo e mal cuidado. E onde você gostaria de morar, os caiçaras lhe fitam com severidade, julgando os seus trajes e trejeitos como patéticos, ridículos, desajustados. Quando você chega em casa, quer tomar um banho e dormir, fatigado. Você viaja para se cansar. Admita.

Gotas de sabedoria - Da persistência

Kaaganda Andandaa era um jovem indiano que buscava a iluminação. Ele passava seus dias meditando, contemplando a natureza tentando levitar, ou seja, era um temendo de um vagabundo... Um dia, ao saber que um homem santo estava meditando sob uma figueira sagrada do outro lado do rio, ficou maluco. Tinha que falar com ele de qualquer jeito. Como o rio era muito caudaloso (e nadar dava um trabalho danado), nosso jovem herói sentou de pernas cruzadas e ficou meditando por horas, que se tornaram dias, que viraram semanas, daí meses e quando ele percebeu, fazia mais de dez anos que ele estava ali na margem do rio. Mas essa espera não foi em vão. Kaaganda conseguira levitar e estava atravessando o rio! Vitória! Mas ao chegar ao outro lado não encontrou o amado e divino mestre. Um rapaz que vendia pastéis e caldo de cana para os peregrinos explicou que se ele tivesse pego logo a ponte ao invés de tentar levitar, teria encontrado o tal guru...

Eu quero é mais, muito mais!

Eu conheci um cara. Sim, um cara e faz uma semana. O cara fez tudo certinho, ligou na sexta no meio do dia e no meio da noite, ligou sábado duas vezes... ligou no domingo pra gente sair e vejam só: o cara também queria mais. Mais do que beijinhos e abraços. Pra mim poderia ter sido bem menos... O mais que eu queria está além do físico, do químico e do biológico. Vai além do psicológico e não é nada lógico. De qualquer forma, talvez eu esteja querendo demais mesmo. Não tenho culpa se "eles" se contentam só com a Terra. Eu quero é mais, eu quero o Céu, afinal as Estrelas moram lá...

[...]

Dentro dela havia uma dor, havia uam dor dentro dela. Resolveu que devia pegar aquele resto dele que resistia cravado em seu peito e atirar da janela da sua alma. O tempo dessa limpeza seria curto, ela só precisava de 3 maços de cigarro mentolado, 10 cervas geladas e um cd do Matanza. Pouco...tão pouco. Em um dia ele seria eliminado, ele, as dores e as desilusões. Ela não voltaria pra onde parou antes dele, agora seria melhor, seria um ponto além, seriam outros sonhos só dela e a certeza de que o destino prepara algo melhor. Algo que ela irá enxergar com certeza, basta abrir os olhos. Pena que depois de uma caixa de calmantes seja meio difícil fazer isto.

Descompostura

- Gustavo, você é um incompetente ! Nunca vi igual ! Cara de pau ! Preguiçoso, fala que faz mas não fez nada do que eu te pedi, Gustavo ! Chega atrasado todo dia, não tem compromisso com nada ! Eu pago caro pelo seu serviço, Gustavo, caaaaaro mesmo ! Sabe lá o quanto me custa pra ganhar esse dinheiro ? Hein Gustavo ???
- Tudo bem dona, só que meu nome é Rodrigo.

A ordem natural das coisas III

Você lê livros de auto-ajuda para terceiros. Confesse. O que você quer mesmo é ter tiradas e ditos filosóficos para usar na mesa de um bar, enquanto sorve álcool para esquecer dos seus próprios problemas. Você quer impressionar os outros com conselhos que não seguiria, só para ser conhecido como o psicólogo da sua turma, mesmo sem saber o que dizia Freud, Lacan ou Jung. Lá dentro, você sabe, ainda povoam perversões, transtornos, obsessões e desejos invertidos - daqueles que você teria vergonha de falar ao padre durante a confissão depois da missa de domingo. Você lê livros de auto-ajuda para terceiros. Confesse.

Gotas de sabedoria - Da serenidade perante o perigo

Durante anos Oishii(1630-1702?) foi o maior samurai do Japão feudal. Derrotou em duelo dúzias de oponentes, inclusive o famoso Moyashi (1643-1679), mas desistiu das lutas e foi morar nas montanhas ao sentir o peso dos anos em suas costas. Levava um vida tranquila, em paz com a natureza, graças a sabedoria acumulada. Um dia um jovem ronin, que costumava provocar seus adversários com insultos fim de ganhar as lutas, o procurou para um duelo. Começou a dizer coisas horríveis, ofendeu sua família e por fim apelou para críticas ao estilo de seu quimono, que realmente não ficava bem para um senhor de idade... Oishii continuava impassível e assim ficou até que o jovem desistiu e desceu a montanha derrotado e humilhado. Se ele tivesse gritado um pouco mais alto... o velho samurai era surdo como uma porta...

TV Digital

TV Digital. O que você sabe sobre a TV Digital? Você sabe que sua vida vai estar completamente diferente daqui a 10 anos e que você tem que decidir hoje uma questão que parece não ter grande importancia, mas que pode previnir (e muito) o desemprego e por consequencia a violência? Explico: Estão a escolher qual modelo de TV Digital será adotado no Brasil. O dos EUA e Japão ou o Europeu. O dos EUA e Japão prioriza a qualidade da imagem e ponto. Já o Europeu, prioriza a segmentação. Por exemplo, na frequência que hoje cabe 1 canal, nela caberiam de 6 a 8. Isso iria ocasionar um grande aumento de Emissoras de sinal aberto no Brasil, democratizando o espaço, dando espaço para uma valorização de emissoras locais e num grande "boom de democratização da informação". O mercado de comunicação saturado ao extremo ganharia um grande e novo fôlego. Caso seja preterido o modelo dos EUA, tudo continuará como antes, só que com uma melhoria na imagem e os formandos em comunicação para sobreviver vão ter que mudar seu campo de atuação tirando o emprego de outros menos qualificados(somente 2º grau), que vão tirar o emprego de menos qualificados(somente 1º grau) e assim o número de novos miseráveis irá aumentar, o que também deverá elevar os índices de violencia. Vote pela Segmentação. Vote pela Democratização. Vote pelo modelo Europeu. MPME. Movimento Pró-Modelo Europeu.

A ordem natural das coisas II

Você come para defecar. Acredite. Tudo o que você ingere vira bolo fecal. O antepasto, a entrada, os pãezinhos, o patê de fígado de ganso. Até o prato principal. Culinária francesa, italiana, japonesa, mexicana, brasileira: vai tudo para a latrina. E você se esquece do gosto que a comida tem enquanto está sentado no vaso sanitário, suando, fazendo força para se livrar da boa comida que virou merda dentro do seu corpo. E você se esquece do cheiro agradável do forno à lenha quando precisa se esticar e passar o papel higiênico no rabo para retirar as sobras fedorentas da sua própria excreção. Você come para defecar. Acredite.

Meninos do tráfico

Eu me recuso a assumir uma culpa que não tenho, e eu não tenho culpa pela atual situação de violência e falta de valores que se encontra nossa sociedade. O único culpado é o centralismo crônico, que junta todo o nosso dinheiro em Brasília, gasta mais da metade do que arrecada pra fazer o governo funcionar, uma boa parte do que sobra simplesmente some e só o restinho é realmente aplicado em alguma coisa útil, como educação ou segurança. Acabem com os impostos e deixem que cada bairro, cidade ou estado, se organize para resolver os próprios problemas. Sou capaz de apostar que em menos de um ano estaria tudo resolvido. Enquanto não mudarem as regras, não adianta trocar quem está jogando.

Sintonia

Acredito na sintonia entre as pessoas. Acredito que a afinidade entre pessoas seja capaz de fazê-las vibrar na mesma freqüência, mesmo que não tenham consciência dessa sintonia que faz uma mãe sentir quando seu filho está prestes a chegar em casa e que faz um amigo telefonar para outro que está longe no momento que esse mais precisa ouvir uma voz conhecida. Há quem não acredite nessa vibração por não conseguir uma explicação racional para o fenômeno, que na minha opinião é que isso é desnecessária: talvez devêssemos usar melhor o nosso tempo procurando em nós a sintonia do que cogitar qual é a mão que movimenta o dial.

Filhos. Por que, quando e quantos tê-los

Se você pretende ter filhos, pense nas respostas a, pelo menos, esses questionamentos. Mas pense sério, com propriedade, com profundidade. Não se entusiasme pois não tenho respostas para nenhum deles mas um bom palpite para um apenas. Caso já tenha se decidido em ser pai, ou mãe, fuja da hipótese de ter um só. Talvez seja preferível não ter nenhum a ter um único exemplar deste tipo de espécime, normalmente problemático. Continuo sem respostas. Observem os filhos únicos que conhecem e vejam se conseguem formar alguma idéia sobre este vespeiro onde estou metendo meu nariz. Não liguem não. Já andaram me dizendo que eu sou meio desparafuzado mesmo. Talvez tenham razão.

Maria-vai-com-as-outras?

Maria estava descendo a longa rua, seguindo para um destino distante, quando começaram a subir pessoas e mais pessoas. Primeiro passou por ela um casal com cara de assustado. Maria continuou seguindo. Logo depois passaram crianças gritando, aparentemente com medo. Ela então ficou curiosa. O que será que estaria acontecendo para que passassem tantas pessoas, como se estivessem fugindo de algo ou alguém? Maria seguiu curiosa, mas precavida. De repente surgem mais e mais pessoas passando correndo, como em uma maratona, mas nenhum corredor profissional. Eram pessoas fugindo desesperadamente mesmo. Maria ficou com medo e resolveu voltar. Juntou-se aos outros e correu até chegar em sua casa, onde julgava um local seguro. Ligou a TV, na esperança de saber o que estava acontecendo. Nada! Até hoje, ninguém soube quem foi o primeiro a correr.

A ordem natural das coisas

Você se veste para tirar a roupa. Aceite. Um vestido novo, um salto alto. Uma gravata italiana, uma camisa cara. Você se veste para tirar a roupa. Grife, marca, etiqueta, status: nada disso importa depois. Porque o que você quer mesmo é ter alguém espremendo os seus peitos entre as mãos, ofegante no seu pescoço, falando sacanagens ao pé do seu ouvido. Ou então, alguém envolvendo com a boca o seu membro. Você quer ficar de quatro enquanto é açoitada no lombo. Ou então, olhar para o espelho enquanto come mais uma pobre virgem. Você se veste para tirar a roupa. Aceite.

Mundo Mais

Muitas pessoas sao educadas para sempre competir e vencer. Vivem movidas por uma sede de serem as mais velozes, mais inteligentes, mais belas...isoladas em um mundo de medo, um mundo pequeno, egoista e solitario, onde nao se pode errar. Correm atras de um podium sem premio em corridas de um homem so. Nao percebem que nessa corrida, deixam o mais importante, que eh viver, para traz. Nao enxergam que se aprende e muito, apenas por tentar...pois o amor sincero conforta na derrota e da risadas ao tropecar. (foi assim que perdi a vergonha e resolvi aqui postar).

Metáfora da Noite

A vida continua( reticências). Interessante como as reticências conseguem transmitir um sentimento de continuidade. Aliás, esse é o objetivo mesmo.Se eu te disser: A vida não continua (reticências), ainda assim a impressão que você terá ao ler essa frase é a de que tem algo por vir, logo existe uma continuidade, ainda que em uma outra linguagem, em um outro estilo de vida ou não-vida. A vida continua? Mas claro que sim... A VIDA CONTINUA!Particularmente sou fã das exclamações!! O que eu quero te dizer é que quem aprendeu a curtir as reticências da vida, jamais se contenta com um ponto final.

Ponto - Paragrafo - Travessão.

Travessão seria apenas travessão ou uma grande travessa na qual nas noites de lua cheia, se ouve um estranho Lupin ao fundo decorando a festa. Nos dias de sol e chuva, um arco-irís terminaria nele e todos seus moradores seriam agraciados com dinheiro eterno e umas pontas de inveja. Efeito colateral do sucesso, eles vão dizer. E quem será capaz de dizer o contrário? Semanas passariam sem uma noticia daquele senhor do 3º prédio, segundo andar. Logo, ficaria nacionalmente famoso, quando aparecesse morto num "noticiário-eu-pago-por-tragédia". Assim, viveríamos sempre a mercê de algo ruim, à margem e ao medo de que algo no final do arco-irís pudesse nos fazer mal. Ei, peraí, mesmo morando fora do travessão, não já estamos todos assim? Vamos então nos mudar para lá. Vamos criar nossa própria favela em suas áreas improdutivas, se é para sofrer consequências, que tenhamos nossa parte boa dessa história. Viva a invasão. Patrocinio MPI - Movimento Pró-Invasão.

estrupador africano

O jogador sul-africano Benedict Vilakazi perdeu o posto de capitão de sua equipe, o Orlando Pirates, depois de ser denunciado pelo estupro de uma menor. O meia negou a acusação e pagou uma fiança de 10.000 rands (valor 10.000 vezes superior a fiança árabe pelo mesmo crime que é de 1 hand). Benedict explicou no tribunal que sua função é mais de extirpador do que estuprador, mas ninguém entendeu porra nenhuma devido ao índice de analfabetismo africano. Então a defesa do jogador seguiu por outra linha. Segundo eles, se levarmos em contra os números de crianças africanas com AIDS e outras doenças venéreas, estuprar uma menor é o mesmo que brincar de roleta russa com a piroca. E mesmo que alguém se odeie o bastante para tentar o suicídio, não existem relatos de masoquistas extremistas o bastante ao ponto de cortar o próprio pau. Tirando o caso da Roberta Close, é claro.

bla bla bla

O sonhador está sujeito a mais erros do que acertos em seus sonhos. Meu maior equívoco, foi ter aprendido muito com os erros e ter vivido pouco a intensidade dos acertos. É em virtude disso que desaprendi a sonhar, a enchergar a magia. E que tristeza isso traz a alma agora insípida de tanta racionalidade. O caminho para os sonhos, tal qual o da areia beijada pelo mar, foi apagado pela sobriedade.

Ponto, parágrafo

Ponto, parágrafo. É reconfortante saber que quando acaba uma coisa, começa outra. Mas é aterrorizante perceber que para começar essa outra, devemos acabar alguma coisa. As palavras normalmente têm muitos significados, ojalá "renúncia" tivesse permanecido no meu vocabulário somente como aquilo que o Jânio fez para que o povo o chamasse de volta. Mas, hoje, a renúncia está muito mais presente na minha vida do que no passado do Brasil. Bem, seguimos em frente. Agora mesmo eu tenho aqui um parágrafo, quase em branco, pronto para ser escrito. E assim vai, até o ponto final. Ponto, parágrafo.

A sentença

Não funciona, já tentei de tudo. Já tirei e coloquei várias vezes. Já limpei, já troquei de buraco, e nada. Já levei em outros lugares pra testar com outras pessoas, mas também não funcionou. Infelizmente você terá que comprar outro cabo de rede. Esse aqui está com defeito e não tem como arrumar.

JUST WEIRD!!!!

Ando meio estranha, tudo está estranho, esquisitises vão acontecendo sem que nignguém se de conta...e o mundo continua girando! Sinto-me muito bem, uma paz que não morava em minha alma desde(sei lá quando) tomou conta de tudo, talvez por isso eu me sinta estranha...

Gotas de sabedoria

Todos os dias um jovem, filho de um poderoso senhor feudal, procurava o mestre zen Yoshinagawamara em busca de ensinamentos. Ele não sabia o que fazer para achar as respostas para as grandes questões da vida (o que é mais importante: ser bom ou ser sábio? Casar ou comprar um belo cavalo e rodar por aí? Onde vamos almoçar hoje), mesmo que essas respostas caíssem como uma jaca madura em sua cabeça. Um dia, o velho monge cansado de tentar fazer um pouco de luz entrar na cabeça oca daquele pobre rapaz rico, pega a katana dele e a arremessa em um lago. O rapaz entra em desespero, pois aquela espada era a extensão de sua alma e mergulha sem titubear nas águas geladas. Os outros monges, que ali estavam jogando conversa fora, comentam: "Ah, saquei sensei! Jogando a espada no lago, o rapaz compreendeu que deve mergulhar de cabeça para buscar aquilo que realmente é importante!". Silenciosamente o mestre sorri, na verdade ele queria somente se livrar daquele mala sem alça.

E a crise chegou na cama...

Levantou devagar. Com um pouco de sorte o seu corpo conseguiria se desprender daquela força surreal que a puxava para a cama. A cabeça parecia um carrossel e os passos mostravam que a noite tinha sido pesada. As mãos só fediam a cigarro barato e o rosto que a olhava no espelho, não era o mesmo que a viu sair de casa para a festa do gabinete. Estava tão desatenta que nem notou o corpo ao qual dormira abraçada, mas caiu em sí quando viu o sangue que manchava seu vestido amarrotado. Voltou e encontrou o seu chefe morto, em sua cama. Flashs passavam pela sua cabeça, mas em todos faltava partes importantes. Resolveu que seria melhor fazer uma fogueira com aquele corpo e não entendeu como pode levar tão a sério as suas palavras: "Promessa é dívida. Ou eu gozo ou eu te mato." deu um jeito de colocar o De Cujus numa enorme mala de rodinhas e deixou um recado na geladeira, em letras garrafais: LEMBRAR DE NÃO IR PRA CAMA COM PETISTAS, APÓS TOMAR TEQUILA.

elogios

Ele acende um cigarro e levanta os olhos verdes na direcao dela por tras de um fio de fumaca que se contorce subindo pro teto. Ela veste o tom de verde dos olhos dele, tentando uma combinacao quase tao impossivel quanto um traco de saudade que ela pensou ter visto por detras daquele olhar. Ela ja conhece a proxima cena, e por isso mesmo ainda nao decidiu se quer ficar pra ver. Voce eh fantastica... Conforme o previsto, a chama do isqueiro nao era mesmo a unica a se apagar naquele momento. Fantastica! Mas... Rejeicoes as vezes gostam de se fantasiar de elogios.

Surpresa!

Quando o menino ouviu um barulho na sala, que ficava no pavimento de baixo, arregalou os olhos e se levantou de uma vez. Foi espreitando o corredor até a escada e olhou com certa cautela para baixo. Viu o que esperava: um homem gordo, de camisa vermelha e com um saco na mão. Sem barba branca, mas calçando botas. Desceu os degraus o mais rápido possível. Antes que pudesse pedir um presente, ou apenas perguntar sobre as renas, foi jogado dentro do saco volumoso e fedorento. Foi então que percebeu do que se tratava. O Velho do Saco.

Liberdade é uma velha calça jeans

A cor meio indefinida (um azul chegado ao ocre) a barra da perna esquerda totalmente puída, com aqueles fios pendurados como tentáculos de algum animal pré-histórico e vários buracos espalhados por pontos estratégicos, sendo o maior deles no bolso direito de trás, não deixam a menor sombra de dúvida: minha calça jeans, comprada em 2001, está na moda.

Como está a vida de casado?

Não importa se já morava junto, mas quando oficializa a união, você está assinando um papel dizendo qual a pergunta que mais vai ouvir nos próximos meses ou anos: "Como está a vida de casado?". Primeiro você responde numa boa, depois começa a encher o saco e você só diz "Boa". Mas chega uma hora que você tenta bolar a melhor resposta para pararem com isso. A minha é "Vai bem. Melhor do que morrer queimado". O melhor é ver a reação das pessoas. Agora a segunda pergunta que você mais ouve é "Quando vem o primeiro filho". Como se você só se tornasse fértil depois que casasse. Não pode sentir um enjôo! O que antes era apenas um mal estar temporário, se torna "ah não Fernanda, você deve estar grávida". Aham... Como se eu tivesse casado virgem! Como se eu não tivesse morado um ano junto com o Ric antes de assinar o papel. Ao assinar o papel, para os outros, você se torna mais fértil e não importa a condição que você se encontra. A resposta que o Ric dá nesses momentos é "Primeiro vamos comprar um poodle". Já estou me preparando pra fase que estiver esperando um filho. Tenho certeza que vou ouvir "Já sabe o sexo?". A resposta vai ser: aham, usei ele pra ficar com essa barriga!

Te amo pra sempre

Enormes seios, boca carnuda, pernas sempre a mostra e um coração feito lona de circo: enorme. Consuelo nasceu para amar. Amou tantos homens que seus amigos perderam a conta, e cada um deles seria o último [e foi], aquele que iria levar a fogosa espanhola para uma cabana, num terreninho só deles, para viver apenas de amor, amor, amor... Na última desilusão ela conheceu o Claidson: um mineiro assanhado e estranho que prometeu-lhe não uma cabana, mas um grande latifúndio. "Cê ainda terá seu pedacin de terra." Dois meses foi o tempo necessário para que ele lhe disse tudo que prometera. Todo dia Claidson vai ao cemitério aguar os jasmins que plantou no "latifúndio" que deu para Consuelo. Ele jurou que ela caiu da escada e ela já não podia fazer juras nem de amor, como era de costume.

Toda cura para todo mal

Nenhuma dor de cabeça. Nada de estômago embrulhado ou ânsia de vômito. Nem o já habitual cansaço nas pernas de homem gordo, ou a inerente e tropical moleza dos dias calorentos. E o que é mais assustador: até o diário e arrebatador sono que prende à cama e inutiliza toda a manhã está ausente. Estou bem. Simplesmente, bem! Estranhamente, bem! Só algo me incomoda: preciso encontrar, na memória do dia de ontem, algum outro fato que tenha me dado esse bem estar, para não acabar bebendo todos os dias.

Você aceita o Fernando (...) ?

Eu odeio o Fernando. Não sei quem ele é, mas eu o odeio cada vez mais! Quando meu ódio está quase desaparecendo, o mundo dá um jeito de me lembrar que eu preciso continuar odiando o Fernando. É uma questão de honra odiar o Fernando. Não é qualquer Fernandinho, é "O" Fernando. Ele se mete na minha vida nos momentos mais importantes e vive me perseguindo, onde quer que eu vá. Ele quer ser eu, mas nunca será. Eu odeio o Fernando. Eu não sou o Fernando. Meu nome é Ricardo!!!

Toca Raul!!

Toca Raul, tio! Toca Raul!! Porra de Raul, garoto. Você vem nessa churrascaria todo dia, nunca me viu cantar seuquer sobre a mosca que caiu na tua sopa, até porque aqui não vendem sopas, e fica com esse pedido irritante de lual-de-adolescente-galado. Toca Raul!! Toca Raul!! Serreiá vá. Te farei engolir todas as maçãs. Tá pensando que nasci há dez mil anos atrás?! Aeeeeeeeeeeeeee! Agora toca Raul!! Minutos depois, só haviam moscas na churrascaria e uma carne-de-segunda-de-um-gordinho mal passada e temperada com Ramones.

Esfrega, esfrega, esfrega... já era!

Foram meses só no rala. Tá certo, sei que no início é assim mesmo, mas depois dizem que a gente acaba se acostumando, e também depois de tanto tempo sem, o que vc queria que eu fizesse? eu precisava disso. Só que nunca me acostumei apenas com isso, eu desejava mais, muito mais... Foi bom por um certo período, afinal eu gastava muita energia. Normalmente era de noite que as coisas aconteciam... o problema é que o trabalho começou a tomar conta do meu tempo e eu tive que tomar uma drástica decisão: terminar com o esfrega, esfrega! O fato é que na quinta passada decidi e hoje é o dia mais feliz da minha vida, e sabem por que??? Minha nova máquina pra lavar roupas, chegou!!! Máquina para lavar roupas é o que há!!!

Ortopedia

Fratura exposta, pinos no braço esquerdo e um osso instável. Meu ombro vive se deslocando, é horrível. Para colocá-lo no lugar novamente é uma dor miserável! Eu também tenho problemas na coluna cervical. De vez em quando não consigo nem mexer a cabeça. Desenvolvi tendinite na mão direita, acho que por causa do trabalho. Quebrei o dedo médio três vezes, todas jogando vôlei, e por isso ele é completamente torto. O pulso eu torci quando era moleque, andando de skate na rua com os amigos, mas até hoje ele dói - basta o tempo mudar. Por isso eu prefiro que não nos abracemos. Espero que você entenda.

provas e palavras

Eu, como Renato Russo, tambem queria provar pra todo mundo que eu nao preciso provar nada pra ninguem. Mas as vezes parece que a vida eh uma provacao sem fim. Volta e meia eu me pego tendo que provar que sou competente, ou honesta, ou inteligente, ou divertida, ou bonita, ou o diabo-a-quatro. Que coisa chata! Me faz pensar em outro texto brilhante, atribuido a Millor Fernandes, que diz que o nivel de stress de uma pessoa eh inversamente proporcional a quantidade de foda-se! que ela fala. Verdade. Tem dias em que tudo o que a gente precisa eh de um pouco mais de foda-se!

Apenas um parágrafo?

Apenas um parágrafo. Apenas? Podia ser bem menos: podia ser apenas uma frase ou apenas uma palavra ou uma sílaba, mas e daí? Não importa o tamanho do texto e sim o prazer que ele proporciona! E cabe muita informação em um parágrafo. Afinal de contas, pra bom entendedor, pingo é letra.

Gotas de sabedoria

O abade superior do mosteiro de Pafúncia, na Ásia Menor, era muito velho e sábio, mas não tinha um olfato muito apurado, pois adorava fumar um cachimbo que empesteava toda a clausura. Um dia, o ancião dormiu com o tal cachimbo em sua boca, causando um terrível incêndio. Todos os monges dispararam em fuga, mas o idoso abade voltou para as chamas com um balde nas mãos. Ele ria e pensava que enquantos todos salvavam a própria pele, ele como um santo e generoso homem, fazia sua parte. Só que além do nariz prejudicado, o abade também era gagá e surdo. Não escutou os gritos desesperados dos monges que avisavam que aquele balde estava cheio de querosene e não água...

A quase-saga do não-dente

Fazia 3 dias que tinha arrancado aquele dente enorme-gigantesco-com-três-raízes-e-litros-de-sangue, e óbvio que um fenômeno desses não iria ter uma cicatrização rápida. Então, naquela noite antes de dormir bocejou muito, praguejou contra aquele maldito ato involuntário, porque no 5º bocejo sentiu que algo acontecia aos pontos do não-dente. Será que tinha soltado? Mas ela nem sentia o fio na boca, nem sentiu engolí-lo, nem cuspiu, nem nada-de-nada. O que aconteceu com o fio dos pontos no instante entre o bocejo e o espanto?? Fechou os olhos e tentou relaxar e esquecer daquilo, dizia a si mesma: comporte-se como uma menininha boazinha que não sai estragando pontos de micro cirurgias..comporte-se. E tensa caiu no sono, já bastava a corrida que deu de um jumento quando chegou do dentista há 3 dias.

Gotas de sabedoria

Um homem saiu de sua aldeia em direção a um remoto deserto nos confins do Curdistão onde vivia Ibn Al-Hurrah Bin Al Battutta, célebre sábio e místico sufi. Após caminhar por 40 dias e noites acaba encontrando o santo homem, que cumpre vários rituais ascéticos e jejua regularmente em uma caverna cheia de fezes de morcego e umas aranhas realmente pavorosas. Cheio de temor e respeito pela sabedoria do homem iluminado, nosso peregrino se identifica como um homem sedento de sabedoria e faminto de santidade. O eremita responde: "Ei, atrás de você! Não é o Saladino?". Ao se virar para cumprimentar o grande herói, o peregrino recebe uma bordoada no meio do quengo. "Eu aqui, jejuando por semanas a fio e você vem me falar que está com fome! Infiel!".

Inflado

Ele tinha predileção por bonecas infláveis caucasianas, loiras e de olhos verdes. Daquelas com a boca escancarada como quem leva um susto. A brincadeira era assim: ele chegava no ouvido dela e sussurrava algo do tipo "eu quero que você me dê muitas palmadas, porque eu fui um menino mau". Imaginava a reação da boneca exatamente daquela forma, calada pela surpresa, mas boquiaberta e de olhos esbugalhados. Logo depois, acariciava a cabeça inflada dela e dizia que era brincadeira, que não estava falando sério. Então, se amavam.

A secadora de roupas

Pra que é que serve uma secadora de roupas? Claro, serve para secar roupas, mas esse objetivo claro e óbvio esconde pro trás de si mesmo um objetivo muito mais complexo e importante. Uma secadora de roupas serve para salvar a vida das pessoas mais desorganizadas e preguiçosas, como esse que vos escreve, por exemplo. Não fosse esse maravilhoso apetrecho tecnológico pendurado na parede da minha área de serviço, amanhã eu iria trabalhar sem cueca e com uma camiseta suja e fedida!

Domingo

Esse é o pior dia da semana. Da uma sensação de tristeza, de despedida, de morte. Como diz um amigo, vai acabando o fantástico e parece que eu vou morrer! Já começamos a trabalhar pouco antes de deitar. Pensamos no que temos que fazer no dia seguinte, se o fim de semana foi suficiente pra descansar e já pensando q temos mais 5 longos dias pela frente até chegar o próximo dia de descanso. Parece q eu durmo com uma bigorna na cabeça. Já começo a pensar no regime q começa toda segunda-feira... Ai q fardo! Pq não nasci milionária, magra e perfeita? Pq se eu fosse tudo isso, ia ser vazia, sem conteúdo e ia enlouquecer, pq como dizem "Cabeça vazia é moradia pro Diabo". To fora, prefiro trabalhar!

Num ninho de mafagafos...

Num ninho de paragráfos, tem sete paragrafinhos. Quem desparagrafizar os sete paragrafinhos, bom desparagrafizador será!!! Não é incrível o que um acento no lugar errado, uma dose cavalar de tédio e um espírito de porco nato conseguem fazer?

PA.RÁ.GRA.FO :

S.M - divisão de um texto escrito, indicada pela mudança de linhas, composta de uma ou mais frases. O mais engraçado foi definir o que escrever neste pedacinho de texto, porque eu gosto de escrever muito, mas bem separadinho, em vááááááários parágrafos... tenho um amigo que conseguiria escrever um livro aqui. verdade!! Ele é o maior adepto do Parágrafo único!Na verdade ele é Especialista nisso (risoss, ops, risoss não, gargalhadas mesmo!!). Deve ser por isso que não consigo ler o que ele escreve, e justamente, para que vocês não façam o mesmo comigo, paro por aqui!ADOREI!E até o próximo pa.rá.gra.fo ÚNICO!

Conclusões

No instante em que a massa orgânica tenta expressar alguma conclusão, percebe que a entidade abstrata ainda não foi concluída, absorta, tenta entender o que ocorre. Ah sim! A idéia a ser expressa ainda não foi formulada, mas então, de que se trata as palavras que acabaram de ser escritas?

TPM

Estou irritada! Durante a TPM o que me deixa pouco incomodada normalmente, se torna um bicho de sete cabeças. Estou com vontade de jogar uma bomba nos SEM TERRA e já pedi que não me contassem de uma traição de uma pessoa q gosto com outra pessoa que adoro, pra eu não deixar de gostar dela! To com vontade meter uma porrada nas pessoas que apoiam Sem Terra e outra porrada nos que apoiam o Lula. Tbém ai daqueles que fizerem algo contra os meus queridos! Por favor, não me contrariem! Já to P da vida o suficiente! TPM é foda, mto foda! E ai daquele q disser que é frescura de mulher! AI!!! Cuidado comigo! Vc não sabe o que uma mulher de TPM é capaz de fazer!!! E ainda é absolvida!!! [emoticon diabólico rssss...]

Tempo para a reflexão

Refleti sobre o homem. Não em seu gênero particular, mas sobre este ser que habita o planeta desde que os dinossauros foram embora. Tentei distinguir ética de moral. Depois tentei calcular valores de raízes quadradas de cabeça. Lembrei do meu pai, morto em um acidente de avião há cinco anos. Me recordei da primeira relação sexual que tive e ensaiei até mesmo uma ereção. Por fim, percebi que era hora de levantar. Me limpei com o papel higiênico perfurmado de aloê vera, dei a descarga, lavei as mãos e abri um largo sorriso para o meu próprio reflexo no espelho do banheiro.

Estou aqui...

Não estou? Am I? Onde é aqui? Onde quer que seja, aqui estou. Para onde vamos? De onde viemos? Seremos nós amigos do rei?... Apenas um parágrafo? Pois bem, estamos no primeiro e aqui vamos acabar. Pelo menos, como dizem por aí, se não se sabe onde se quer ir não se pode dizer que estamos perdidos.

Realidade brasileira

Pois é, professor, hoje eu tenho uma profissão, sou estudante. Mas estou para me formar e mudar de status. Deixarei de ser estudante para me tornar....... desempregado.

O primeiro parágrafo

O primeiro parágrafo de um blog é sempre um desafio. Raramente ele contém algo de útil, e este humilde conjunto de palavras não é diferente. Está aqui somente para preencher o vazio que me impede de terminar as configurações desse site. Um parágrafo abandonado, irrelevante, pobre... Pobre coitado. Provavelmente não será lembrado por ninguém depois que os próximos parágrafos começarem a aparecer, apesar de ser, sozinho, o responsável por tudo o que virá daqui pra frente.