Surpresa!

Quando o menino ouviu um barulho na sala, que ficava no pavimento de baixo, arregalou os olhos e se levantou de uma vez. Foi espreitando o corredor até a escada e olhou com certa cautela para baixo. Viu o que esperava: um homem gordo, de camisa vermelha e com um saco na mão. Sem barba branca, mas calçando botas. Desceu os degraus o mais rápido possível. Antes que pudesse pedir um presente, ou apenas perguntar sobre as renas, foi jogado dentro do saco volumoso e fedorento. Foi então que percebeu do que se tratava. O Velho do Saco.
Postar um comentário