Gotas de sabedoria

Um homem saiu de sua aldeia em direção a um remoto deserto nos confins do Curdistão onde vivia Ibn Al-Hurrah Bin Al Battutta, célebre sábio e místico sufi. Após caminhar por 40 dias e noites acaba encontrando o santo homem, que cumpre vários rituais ascéticos e jejua regularmente em uma caverna cheia de fezes de morcego e umas aranhas realmente pavorosas. Cheio de temor e respeito pela sabedoria do homem iluminado, nosso peregrino se identifica como um homem sedento de sabedoria e faminto de santidade. O eremita responde: "Ei, atrás de você! Não é o Saladino?". Ao se virar para cumprimentar o grande herói, o peregrino recebe uma bordoada no meio do quengo. "Eu aqui, jejuando por semanas a fio e você vem me falar que está com fome! Infiel!".
Postar um comentário