Gotas de sabedoria

Todos os dias um jovem, filho de um poderoso senhor feudal, procurava o mestre zen Yoshinagawamara em busca de ensinamentos. Ele não sabia o que fazer para achar as respostas para as grandes questões da vida (o que é mais importante: ser bom ou ser sábio? Casar ou comprar um belo cavalo e rodar por aí? Onde vamos almoçar hoje), mesmo que essas respostas caíssem como uma jaca madura em sua cabeça. Um dia, o velho monge cansado de tentar fazer um pouco de luz entrar na cabeça oca daquele pobre rapaz rico, pega a katana dele e a arremessa em um lago. O rapaz entra em desespero, pois aquela espada era a extensão de sua alma e mergulha sem titubear nas águas geladas. Os outros monges, que ali estavam jogando conversa fora, comentam: "Ah, saquei sensei! Jogando a espada no lago, o rapaz compreendeu que deve mergulhar de cabeça para buscar aquilo que realmente é importante!". Silenciosamente o mestre sorri, na verdade ele queria somente se livrar daquele mala sem alça.
Postar um comentário