Gotas de sabedoria - Da persistência

Kaaganda Andandaa era um jovem indiano que buscava a iluminação. Ele passava seus dias meditando, contemplando a natureza tentando levitar, ou seja, era um temendo de um vagabundo... Um dia, ao saber que um homem santo estava meditando sob uma figueira sagrada do outro lado do rio, ficou maluco. Tinha que falar com ele de qualquer jeito. Como o rio era muito caudaloso (e nadar dava um trabalho danado), nosso jovem herói sentou de pernas cruzadas e ficou meditando por horas, que se tornaram dias, que viraram semanas, daí meses e quando ele percebeu, fazia mais de dez anos que ele estava ali na margem do rio. Mas essa espera não foi em vão. Kaaganda conseguira levitar e estava atravessando o rio! Vitória! Mas ao chegar ao outro lado não encontrou o amado e divino mestre. Um rapaz que vendia pastéis e caldo de cana para os peregrinos explicou que se ele tivesse pego logo a ponte ao invés de tentar levitar, teria encontrado o tal guru...
Postar um comentário