Gotas de sabedoria

O abade superior do mosteiro de Pafúncia, na Ásia Menor, era muito velho e sábio, mas não tinha um olfato muito apurado, pois adorava fumar um cachimbo que empesteava toda a clausura. Um dia, o ancião dormiu com o tal cachimbo em sua boca, causando um terrível incêndio. Todos os monges dispararam em fuga, mas o idoso abade voltou para as chamas com um balde nas mãos. Ele ria e pensava que enquantos todos salvavam a própria pele, ele como um santo e generoso homem, fazia sua parte. Só que além do nariz prejudicado, o abade também era gagá e surdo. Não escutou os gritos desesperados dos monges que avisavam que aquele balde estava cheio de querosene e não água...
Postar um comentário