Ai ai ai Carrapato não tem pai

Todos os dias alguma coisa me faz lembrar de que o tempo está passando rápido e eu estou ficando velha. O Palhaço Carequinha, um dos meus ídolos de infância, se foi com NOVENTA ANOS! Sabe o que é isso? 90!!! São 9 décadas de vida! Fazia tanto tempo que eu não tinha notícia, que o engraçadinho estava congelado na minha memória com a idade que ele tinha quando eu era pequena. Eu tinha um vinil dele. Acho que o disco ainda está guardado em algum lugar, empoeirado e sem ter onde ser tocado. Que pena! O Palhaço carequinha... Aquele que me ensinou que "O bom menino não faz xixi na cama, não bate na irmãzinha e sempre aprende a lição na escola", que questionava "Está certo ou não tá, garotada?" ou avisava "chegou a hora de apagar a velinha". Que pena! Palhaço do bem deveria ser imortal! E nada acontece com os palhaços de Brasília...
Postar um comentário